Unesco tira Machu Picchu de lista de monumentos em perigo

Lima, 6 jul (EFE).- A histórica cidade de Machu Picchu saiu da lista de patrimônios da humanidade em perigo, depois de a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) reconhecer as ações do Peru para sua proteção e conservação, informou hoje o Instituto Nacional de Cultura (INC) peruano.

EFE |

Por meio de uma nota, o INC explicou que a decisão da Unesco foi tomada durante sua 32ª sessão anual do comitê de Patrimônio Mundial, no Canadá.

A diretora nacional do INC, Cecilia Bákula, destacou na Unesco a reativação por parte do Governo da Unidade de Gestão de Machu Picchu (UGM), uma das medidas que a instituição solicitou ao Peru em 2007 para melhorar a proteção do monumento.

Para Bákula, "a conquista alcançada é o reconhecimento de uma política coerente do Governo do presidente Alan García para a prevenção e proteção do patrimônio cultural da nação".

Os membros do Comitê de Patrimônio Mundial também reconheceram a presença de uma grande delegação peruana como sinal do interesse e da importância que o país andino dá à gestão de seu patrimônio cultural, afirma a nota de imprensa.

Machu Picchu, localizada nas alturas dos Andes, é um dos monumentos de maior destaque do Peru desde sua descoberta, em 1911, pelo arqueólogo Hiram Bingham.

Desde então, o local é visitado por milhares de turistas todos os anos, o que gerou alarme de algumas organizações pelos problemas que a exploração turística poderia causar à conservação da cidade. EFE amr/rb/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG