Unesco quer fortalecer relação com sociedade civil

Panamá, 23 jun (EFE) - A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) estabeleceu formalmente as bases do movimento de clubes, associações e centros que tem na região, com o que procura fortalecer a relação com a sociedade civil.

EFE |

Os estatutos e a direção da Federação de Associações, Centros e Clubes da Unesco da América Latina e do Caribe foram aprovados hoje no Panamá, no final de um congresso do organismo da ONU sobre o movimento ao qual assistiram delegações de 15 países.

O congresso foi realizado antes da 14ª Conferência Quadrienal das Comissões Nacionais da Unesco da América Latina e do Caribe, que inicia amanhã na cidade do Panamá e termina em 28 de junho.

O jamaicano Everton Hannam foi reeleito como presidente da Federação de Clubes da América Latina e o Caribe.

Hannam, também vice-presidente da Federação Mundial de Clubes, disse à Agência Efe que na reunião, que começou domingo, foram estabelecidas as bases para a reativação do movimento na região para trabalhar com a Unesco em seu programa de ação 2008-2013, em especial na promoção da diversidade cultural e a cultura de paz. EFE fa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG