Unesco pede uma mudança radical na agricultura para evitar explosão social

Os países agrícolas devem modificar de maneira urgente e radical suas políticas para evitar uma explosão social no mundo e um colapso ambiental, alerta um relatório da Unesco, a agência da ONU para Educação, Ciência e Cultura, divulgado nesta terça-feira.

AFP |

"A agricultura moderna deverá mudar radicalmente para servir melhor aos pobres e famintos no mundo", aconselha o informe elaborado por 400 especialistas internacionais com representantes governamentais e da sociedade civil.

O documento é divulgado num momento em que cresce o alarme em relação aos distúrbios sociais e políticos que a alta do preço dos alimentos poderá desatar.

"É preciso conciliar objetivos contraditórios, ou seja, produzir mais, mas também produzir de maneira diferente para responder tanto às necessidades alimentares como aos desafios em termos de saúde, ecologia e funções principalmente sociais da agricultura", resumiu Guilhem Calvo, da divisão de ciências ecológicas e da terra da Unesco.

Os autores enfatizam o risco que gera a produção de biocombustíveis para a segurança alimentar do mundo.

A organização prevê que os preços dos alimentos de primeira necessidade como o arroz e o rigo continuarão subindo e desatarão crises sociais em países mais pobres.

lpt/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG