Unesco continua sem diretor-geral

Nenhum candidato conseguiu o número de votos suficiente para ser designado diretor-geral da Unesco, em eleição realizada nesta quinta-feira e da qual o egípcio Farouk Hosni era o grande favorito, anunciou a organização.

AFP |

"Nenhum candidato obteve a maioria dos votos necessária para ser eleito. Um segundo turno será realizado amanhã (sexta-feira)", declarou o presidente do conselho executivo da Unesco, o beninense Olabiyi Babalola Joseph Yai.

Segundo uma fonte da Unesco, Farouk Hosni, cuja candidatura suscitou uma polêmica devido a declarações antissemitas que ele teria feito no pasado, conseguiu 22 dos 30 votos necessários para uma eleição no primeiro turno. Ele superou a candidata búlgara Irina Bokova (oito votos), a comissária europeia Benita Ferrero-Waldner e a equatoriana Ivonne Baki (sete votos cada uma).

Todos os candidatos poderão participar do segundo turno. A votação poderá ter até cinco turnos, até terça-feira.

lpt/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG