presença e ação de grupos armados ilegais - Mundo - iG" /

Unasul rejeita presença e ação de grupos armados ilegais

Costa do Sauípe (Bahia), 16 dez (EFE).- A Cúpula da União de Nações Sul-americanas (Unasul) aprovou hoje no Brasil uma resolução que defende a proteção dos sistemas democráticos frente a ameaças internas ou externas e rejeita a presença e ação de grupos armados ilegais.

EFE |

A iniciativa aparece junto à aprovação do conselho de defesa sul-americano na declaração final definitiva da cúpula, que aconteceu hoje na Costa do Sauípe.

A resolução reitera o compromisso dos 12 membros da Unasul com "a convivência pacífica dos povos, a vigência dos sistemas democráticos de Governo e sua proteção, em matéria de defesa, frente a ameaças e ações externas ou internas".

Fora isso, "rejeita a presença e a ação de grupos armados à margem da lei que exerçam ou propiciem a violência qualquer que seja sua origem".

A declaração estabelece que o conselho de defesa sul-americano terá uma instância executiva integrada por vice-ministros da Defesa dos Estados-membros e que sua direção corresponderá ao país que ocupe a Presidência da Unasul.

O Governo da Colômbia agradeceu hoje a declaração de rejeição aos grupos armados ilegais.

O Ministério das Relações Exteriores colombianas disse em Bogotá que "em uma decisão sem precedentes", o bloco sul-americano incluiu uma rejeição aos grupos violentos, "condição que a Colômbia tinha proposto para ingressar" no conselho de defesa regional. EFE mar/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG