Unasul oficializa conselho para combater narcotráfico

QUITO (Reuters) - Os ministros de Interior e Casa Civil da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) criaram oficialmente nesta sexta-feira um conselho para combater o narcotráfico na região. Sob a presidência do Equador, o bloco que reúne países sul-americanos promove a cooperação em diversas áreas para o desenvolvimento dos seus membros, especialmente em termos de comércio, energia e segurança.

Reuters |

"Este feito conjunto é prova de que a América Latina, e em especial a América do Sul, continuará fazendo grandes esforços para a luta contra a produção e o tráfico (de drogas)", disse a jornalistas o ministro de Governo (Casa Civil) do Equador, Gustavo Jalkh.

O documento firmado em Quito servirá como um "mapa", onde se estabelecem os objetivos e as políticas que guiarão o Conselho Sul-Americano de Luta Contra o Narcotráfico.

Jalkh acrescentou que "a luta contra o consumo também é uma responsabilidade dos países de destino", e defendeu que a atividade ilícita seja combatida de maneira "integral".

(Reportagem de Santiago Silva)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG