Unasul oferece US$ 300 milhões para reconstrução do Haiti

A União de Nações Sul-Americanas (Unasul) resolveu nesta terça-feira em Quito criar um fundo de até US$ 100 milhões e pedir ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) um crédito de mais US$ 200 milhões para apoiar a reconstrução do Haiti, após o terremoto do dia 12 de janeiro.

AFP |

O organismo, que fez uma cúpula extraordinária com a participação do presidente do Haiti, René Preval, decidiu promover ações conjuntas para canalizar a ajuda humanitária e impulsionar trabalhos de reconstrução por meio de um plano coordenado com o governo haitiano.

Nesse contexto, os 12 membros da Unasul decidiram criar um fundo de cerca de US$ 100 milhões para financiar obras nos setores viário, agrícola e da sáude, com contribuições que dependerão do Produto Interno Bruto (PIB) de cada país.

Mesmo assim, solicitarão ao BID um empréstimo de até US$ 200 milhões em longo prazo, que será "garantido e assumido" pela Unasul.

As nações sul-americanas tomaram essas decisões depois de aprovarem uma proposta nesse sentido do presidente peruano, Alan Garcia.

Veja também:

Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: terremototerremoto no haiti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG