Unasul debate acordo militar entre Colômbia e EUA no fim de janeiro

Quito, 12 jan (EFE).- Os ministros da Defesa dos países-membros da União de Nações Sul-americanas (Unasul) vão se reunir nos dias 28 e 29 de janeiro na cidade de Manta (Equador) em busca da aprovação de medidas que fomentem a confiança regional em aspectos militares.

EFE |

A reunião será a segunda da instância executiva do Conselho Sul-americano de Defesa (CSD), presidido temporariamente pelo Equador, informou o governo local.

O tema principal do encontro será uma tentativa de acordo sobre os procedimentos de aplicação das medidas de confiança que os ministros da Defesa e das Relações Exteriores sul-americanos já discutiram em Quito, em uma reunião no fim do ano passado, disse à Agência Efe uma fonte ligada ao CSD.

Naquela ocasião, eles se comprometeram a trocar informações sobre despesas, estratégias, manobras e a situação militar da região, depois da controvérsia causada por um acordo entre Estados Unidos e Colômbia para que os americanos pudessem utilizar bases colombianas.

Em 4 de janeiro, o ministro da Defesa da Bolívia, Walker San Miguel, afirmou que o encontro do fim do mês no Equador seria de chefes de Estado, mas a fonte do CSD ouvida pela Agência Efe disse que não está prevista qualquer reunião entre os líderes.

San Miguel afirmou também que o governo boliviano ratificará nesse encontro sua posição contrária à presença de militares americanos na América do Sul.

Além do Brasil, fazem parte da Unasul Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela. EFE.

ic/id

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG