Uma pessoa ferida por obus de gás da I Guerra Mundial

Um homem de cerca de 50 anos sofreu graves queimaduras nas mãos e na perna depois de ter manipulado um obus da Primeira Guerra Mundial contendo gás mortarda, nas imediações de Cambrai, norte da França.

AFP |

O homem foi internado devido às queimaduras do gás mortarda. O obus se encontrava no terreno da propriedade da vítima no povoado de Villers-Plouich, situado no que foi a "Linha Hindemburg", um sistema de defesa construído pelo Exército alemão durante a Primeira Guerra Mundial, o que explica a presença de inúmeros projéteis na região.

ngu-gab/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG