Uma mulher-bomba de 15 anos e sua mãe detidas no Iraque

Uma jovem suicída de 15 anos foi detida no domingo pela polícia em Baquba, norte de Bagdá, por causa de sua atitude suspeita, e depois confessou que sua mãe também estava ponto de realizar um ataque suicida.

AFP |

Segundo o general Abdel Karim Khalaf, comandante adjunto da polícia de Diyala, uma das províncias mais perigosas do Iraque, um de seus agentes estranhou a atitude e o jeito estranho da moçar andar. Ele ordenou que ela parece para ser revistada.

Como a jovem se negou a obedecer, o policial apontou a arma e seus colegas ajudaram a prendê-la. Um especialista conseguiu desativar o colete com explosivos que ela usava.

Segundo a fonte, a jovem acabou revelando que a mãe havia garantido que faria a mesma coisa depois que ela cometesse seu atentado.

Os policiais foram até Qatun, localidade a oeste de Baquba, para prender a mãe, de 45 anos, que também escondia outro colete explosivo.

O marido, que havia planejado as operações, conseguiu escapar.

Leia mais sobre atentados

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG