Um terço dos 700 palestinos mortos em Gaza é de crianças, segundo médicos

Quase um terço dos 689 palestinos mortos na ofensiva israelense na Faixa de Gaza é de crianças, a maioria vítima da operação terrestre iniciada no último sábado, após uma semana de bombardeios aéreos, informaram fontes médicas nesta quarta-feira.

AFP |

A proporção de civis mortos aumentou significativamente desde que as tropas israelenses entraram em Gaza para combater os militantes do grupo radical Hamas.

Ao todo, 220 crianças morreram desde o início da ofensiva militar israelense, no dia 27 de dezembro, de acordo com o chefe dos serviços de emergência em Gaza, Moawiya Hassanein.

Agências humanitárias temem que as baixas civis aumentem ainda mais com o avanço das tropas em áreas de Gaza - um dos lugares mais populosos do planeta - com maior densidade populacional.

"Nossa maior preocupação é com o número de crianças e suas famílias fugindo das batalhas e dos bombardeios, ou procurando refúgio porque suas casas foram destruídas ou danificadas", afirmou a agência Save the Children nesta quarta-feira.

pfm/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG