Um soldado morre e oito ficam feridos em ataques no sul da Tailândia

Bangcoc, 23 dez (EFE).- Um oficial do Exército morreu e oito soldados ficaram feridos em dois novos ataques na região sul da Tailândia, supostamente de autoria do movimento separatista.

EFE |

O oficial, um tenente de 50 anos e religião muçulmana, foi baleado na manhã desta terça por um desconhecido a caminho do quartel, na província de Pattani.

Pouco depois, oito militares acabaram feridos pela explosão de uma bomba de fabricação caseira ativada por telefone celular escondida em uma árvore em frente a uma delegacia na província vizinha de Narathiwat.

Mais cedo, o novo primeiro-ministro da Tailândia, Abhisit Vejjajiva, anunciou uma mudança na política para conseguir a paz na conflituosa área, onde cerca de 3.500 já morreram desde que o movimento separatista retomou a luta armada, há cinco anos.

Em entrevista coletiva após a primeira reunião de seu Gabinete, o novo premier disse que o fim da violência no sul da Tailândia passa por uma nova política que não esteja orientada apenas à segurança, que leve em conta as diferenças culturais e religiosas da população local, de maioria muçulmana. EFE tai/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG