Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Um presidente dos Estados Unidos ao gosto do internauta

O eleitor que não sente firmeza em Barack Obama, Hillary Clinton ou John McCain agora pode escolher a seu bel-prazer o próximo inquilino da Casa Branca, apesar da opção não passar de ficção, graças um novo site que permite que os usuários criem o candidato perfeito.

AFP |

Em www.Wikicandidate08.com, que se serve de um software interativo similar ao da enciclopédia on-line Wikipedia, os internautas podem modificar ou sobreescrever as entradas anteriores, mudando o sexo, o nome, a foto ou até a agenda política do aspirante ideal à presidência dos Estados Unidos.

O procedimento partiu com um candidato imaginário baseado na figura do comediante Stephen Colbert. Segundo a biografia do Wikicandidate, Colbert toca bandolim e violoncelo e quer resolver a mudança climática, a pobreza no mundo e a insegurança alimentar.

O projeto tem um objetivo sério, defende a prestigiosa revista britânica New Scientist no número que chegará às bancas no sábado. O site foi lançado por pesquisadores da Universidade Cornell de Nova York com o objetivo de explorar os prós e os contras de uma "participação cívica on-line" durante o ano eleitoral.

Se atrair um número suficiente de internautas, o perfil do candidato vai ser encarado como uma "lista de desejos" dos eleitores a respeito do que esperam do presidente da maior potência mundial.

Leia tudo sobre: internetweb 2.0

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG