Tamanho do texto

Milhares de pessoas fugiram das inundações na Índia e mais de um milhão de habitantes permanecem isolados por causa da modificação do curso de um rio no estado de Bihar (leste), informaram as autoridades locais nesta quinta-feira.

A emergência foi causada pelas fortes chuvas que provocaram neste mês a cheia do rio Kosi.

"Cerca de 100.000 pessoas foram evacuadas das aldeias inundadas", informou um funcionário do governo de Bihar, Prataya Amrit, que na véspera falou de 2,5 milhões de indianos isolados do mundo na região.

As autoridades também assinalaram a morte de 46 pessoas.

O primeiro-ministro Manmohan Singh classificou a situação de "calamidade nacional" e anunciou o envio de uma ajuda de 228 milhões de dólares e 125.000 toneladas de cereais para os flagelados.

Quase 800 pessoas morreram na Índia por causa das chuvas desde o início de junho.

str/pg-nr/cn/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.