Um homem executado por injeção letal nos Estados Unidos

Um homem condenado por assassinato foi executado por injeção letal nesta qinta-feira no Estado de Oklahoma (centro dos EUA), informou uma fonte penitenciária.

AFP |

Jessie Cummings, de 52 anos, foi declarado morto às 18H11 locais (20H11 de quinta-feira, horário de Brasília).

Esta é a segunda execução em Oklahoma neste ano.

Cummings foi condenado à morte em 1994 pelo assassinato de sua sobrinha de 11 anos. No mesmo ano, havia sido condenado à prisão perpétua por ordenar o assassinato de sua irmã.

Cummings afirmava ser inocente de ambos os crimes e dizia que suas duas esposas, Juanita e Sherry, eram as culpadas.

Juanita Cummings disse, três anos depois do duplo assassinato, que ela havia matado a cunha a pedido do marido. Também disse ter seqüestrado a menina, e que o marido a estuprou e matou a facadas.

Também contou que Sherry Cummings os ajudou a enterrar os corpos.

lum/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG