Um finlandês e uma russa venceram o campeonato mundial de sauna organizado na Finlândia, um país especialista em competições insólitas, ao ficar mais de três minuos numa sauna a 110 graus.

O finlandês Timo Kaukonen venceu a competição masculina suportando um calor agoniante por 3 minutos e 46 segundos, dois segundos a mais que seu compatriota Ilkka Poyhia.

Entre as mulheres, a russa Tatyana Arjipenko venceu com 3 minutos e 9 segundos, diante da finlandesa Leila Kulin (3 minutos e 6 segundos).

O campeonato, organizado desde 1999, reuniu 150 participantes de mais de 20 países.

A Finlândia também popularizou os campeonatos de lançamento de celular ou de corridas em que os maridos carregam suas esposas.

tk/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.