Um em cada 5 americanos acha que Obama é muçulmano

Segundo pesquisa publicada nos EUA, 18% dos americanos confundem a religião de Barack Obama

EFE |

AP
Obama (centro) discursa durante jantar Iftar, parte do Ramadã, o mês sagrado dos muçulmanos
O número de americanos que têm a impressão errada de que seu presidente, Barack Obama, é muçulmano, aumentou, chegando a 18%, enquanto apenas um terço, 34%, sabe que ele é cristão, segundo pesquisa publicado nesta quinta-feira pela imprensa dos Estados Unidos.

A enquete foi realizada pelo centro de pesquisas Pew Research Center entre 21 de julho e 5 de agosto, ou seja, antes de Obama levantar na sexta-feira uma polêmica ao apoiar o direito dos muçulmanos de construir uma mesquita perto do local onde ficavam as Torres Gêmeas em Nova York, derrubadas nos atentados do 11 de Setembro.

Em outubro de 2008, apenas 12% dos participantes de pesquisa semelhante achavam que Obama era muçulmano, enquanto 51% sabiam que o presidente é cristão.

Na nova pesquisa, só 44% das pessoas consultadas aprovam a atuação de Obama como presidente, enquanto 41% reprovam. Em março de 2009, apenas 26% avaliavam negativamente a administração.

Os colaboradores de Obama na Casa Branca "se mostraram decepcionados perante os resultados da nova pesquisa do Pew Center", segundo o jornal "Washington Post".

Outro jornal, o "New York Times", ao informar sobre os resultados da pesquisa, lembrou que a confusão sobre a confissão religiosa do presidente se soma aos persistentes rumores, divulgados sobretudo em círculos direitistas, de que Obama nasceu fora dos EUA, o que o desabilitaria à chefia do Estado.

    Leia tudo sobre: euaobamacasa brancamuçulmanomesquita

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG