Um ano do tsunami do Japão: Veja antes e depois da reconstrução

Imagens comparam cidades do país agora e pouco depois da tragédia que deixou 20 mil mortos ou desaparecidos

iG São Paulo |

Quase um ano após o terremoto seguido de tsunami que atingiu o Japão, algumas áreas muito afetadas foram reconstruídas enquanto outras ainda enfrentam problemas como o excesso de entulho .

Veja também:  Reveja imagens marcantes da tragédia na TV iG

A tragédia, que completa um ano no domingo (11), deixou 20 mil mortos ou desaparecidos. Além disso, provocou uma crise nuclear na usina de Fukushima , na qual três dos seis reatores nucleares derreteram depois que o tsunami e o terremoto de magnitude 9 danificaram os sistemas de resfriamento. É o maior acidente nuclear em uma geração.

Leia também: Quase um ano após tsunami, Japão ainda tem montanhas de entulho

Reconstruir as cidades tem sido o maior desafio do governo japonês após a tragédia. A partir deste mês, os cofres públicos começam a liberar a primeira rodada de subsídios para as sete províncias e 59 municípios diretamente afetados. São cerca de R$ 5,3 bilhões que devem ser aplicados na remoção de famílias para áreas mais elevadas e reconstrução de prédios públicos, como escolas, postos de saúde e portos.

Reveja as imagens mais marcantes da tragédia:

As autoridades conseguiram limpar as ruas e restabelecer as condições mínimas de vida da população nos centros urbanos das províncias mais afetadas, as de Iwate, Miyagi e Fukushima. Segundo uma estimativa divulgada pelo governo, essas províncias produziram um total de 23 milhões de toneladas de entulho, e, até o momento, foram processados apenas 5% do material recolhido.

Saiba mais: Veja as principais notícias sobre o terremoto e o tsunami no Japão

O entulho foi aglomerado em parques, campos de beisebol, pátios de escolas destruídas e outros espaços públicos. Carros e barcos destruídos também esperam um fim. O resíduo gerado em Iwate, por exemplo, equivale a 11 anos de lixo produzido pela província. Já Miyagi tem um total de entulho equivalente a 19 anos. O custo estimado de eliminação desses resíduos passa dos R$ 16,4 bilhões.

Veja imagens do Japão em março e abril do ano passado e agora, um ano depois:

    Leia tudo sobre: japãoterremototsunamifukushimausina nuclear

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG