Últimos adeptos de seita apocalíptica russa deixam abrigo subterrâneo

Os últimos adeptos de uma seita apocalíptica russa que estavam trancados por conta própria embaixo da terra desde novembro à espera do fim do mundo saíram do abrigo nesta sexta-feira, anunciou o líder do governo regional citado pela agência russa Interfax.

AFP |

"Propus a eles que abandonassem voluntariamente seu abrigo" devido a vazamentos tóxicos, "aceitaram e saíram nesta sexta-feira de manhã", declarou o chefe do distrito de Bekovo, Vladimir Provotorov.

No início de novembro de 2007, 35 membros da seita, liderados pelo guru Piotr Kuznetsov, se trancaram em um grande refúgio construído sob a terra prevendo o apocalipse para maio de 2008. Desde então, a maioria deles saiu para a superfície.

    Leia tudo sobre: seita

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG