Última rodada de eleições na Caxemira perturbada pela violência

Pelo menos 20 pessoas ficaram feridas nesta quarta-feira, quando as forças de segurança indianas lançaram gases lacrimogêneos e enfrentaram manifestantes muçulmanos durante a última rodada das eleições regionais na Caxemira indiana, segundo a polícia.

AFP |

Estas eleições, que transcorreram em sete etapas para garantir a segurança da região, de 17 de novembro a 24 de dezembro, desencaderam em cada oportunidade choques entre policiais e separatistas muçulmanos, que lutam contra a presença indiana na Caxemira, um território do Himalaia dividido entre a Índia e o Paquistão.

Desta vez, em Srinagar, a capital de verão, vigiada por 30.000 soldados, a polícia utilizou gases lacrimogêneos e dispersou violentamente os manifestantes.

Cerca de 20.000 soldados extras patrulhavam os departamentos de Jammu e Samba, no sul deste estado setentrional indiano de Jammu e Caxemira, habitado fundamentalmente por muçulmanos.

Os resultados das eleições serão anunciados em 28 de dezembro.

iw/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG