UE reforça sanções contra o regime de Mugabe

A União Européia (UE) decidiu reforçar as sanções contra o regime do presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, ampliando a lista de autoridades e empresas do país vetados na UE.

AFP |

Os ministros europeus das Relações Exteriores aprovaram uma lista de 203 nomes, contra os 177 que apareciam na relação anterior, de dirigentes do regime que estão proibidos de entrar no bloco.

Ao mesmo tempo, a lista de empresas com atividades paralisadas na UE subiu de quatro a 40, e pela primeira vez inclui companhias européias.

A decisão reflete a crescente frustração dos europeus com as contínuas violações aos direitos humanos e a paralisia política no Zimbábue.

Leia mais sobre Zimbábue

    Leia tudo sobre: zimbábue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG