UE reforça associação com seis ex-repúblicas soviéticas

A União Europeia (UE) lança nesta quinta-feira uma associação reforçada com seis antigas repúblicas soviéticas, apesar de evitar qualquer expectativa de uma possível adesão ao bloco ante o receio que esta aproximação causa à Rússia.

AFP |

Reunidos em Praga, os 27 países da UE vão afirmar sua vontade de "levar suas relações a um novo nível, estabilizando uma associação" com os três países orientais, Ucrânia, Moldávia e Belarus e três países do Cáucaso, Geórgia, Armênia e Azerbaijão.

Mas a UE enfatiza que esta associação só avançará se os "sócios da Europa do Leste" cumprirem com várias condições, uma vez que alguns dos países envolvidos continuam sendo consideradas ditaduras.

A UE prevê 600 milhões de euros para esta associação até 2013.

cat/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG