UE quer mais fundos para missão policial e judicial em território palestino

Bruxelas, 23 jun (EFE).- A União Européia (UE) quer conseguir na conferência de Berlim amanhã mais recursos para sua missão de criação de uma estrutura policial e judicial nos territórios palestinos, disseram hoje vários funcionários do bloco europeu.

EFE |

A missão precisará de US$ 134 milhões até o final de 2010 para infra-estrutura e equipamentos, dentro do esforço para criar uma Polícia e um sistema judiciário eficaz, afirmou hoje o diretor da missão européia, Colin Smith, em entrevista coletiva.

"Queremos que a conferência de Berlim destine a essas necessidades parte do financiamento" internacional já prometido em dezembro na conferência de doadores de Paris, que conseguiu US$ 7 bilhões em compromissos, afirmou Smith.

Amanhã, começa em Berlim a conferência sobre a segurança civil e o estado de direito nos territórios palestinos, com a presença do primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Salam Fayyad, e de representantes diplomáticos de mais de 40 países.

Também participará da reunião o alto representante de Política Externa e Segurança Comum da UE, Javier Solana.

"Embora a conferência não seja uma reunião de doadores, seriam bem-vindas algumas contribuições" para a ampliação da missão, disse o enviado especial da UE para o Oriente Médio, Marc Otte. EFE rcf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG