UE quer lançar sistema de navegação por satélite Galileu no início de 2014

Os europeus preveem colocar em andamento seu sistema de navegação por satélite Galileu, destinado a competir com o americano GPS, no início de 2014, informou nesta quinta-feira a Comissão Europeia ao anunciar a licitação para construção de vários de seus componentes.

AFP |

"Agora podemos prever os prazos de provisão de serviço com mais precisão", assinalou a Comissão, detalhando que os primeiros aplicativos disponíveis serão, por exemplo, destinados à busca e resgate, enquanto que o serviço comercial para o grande público entrará num período de teste durante 2014.

O Executivo comunitário explicou que entregou ao alemão OHB System um primeiro pedido de 14 satélites, ao francês Arianespace o lançamento de cinco naves russas Soyuz e ao franco-italiano ThalesAleniaSpace um pacote de serviços industriais.

Este anúncio cobre quase três das seis licitações abertas para a construção e colocação em andamento do Galileu num total avaliado inicialmente em 2,1 bilhões de euros.

O sistema Galileu, cujo funcionamento estava, a princípio, previsto para 2013, promete uma precisão de localização de um metro.

Para que o Galileu funcione e possa competir plenamente com o GPS Europa, é preciso lançar no total 30 satélites. O primeiro lançamento está programado para outubro de 2012, indicou a Comissão Europeia, o que supõe um atraso de mais de dois anos em relação ao programa inicial.

app/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG