UE prevê desdobrar missão na Geórgia de forma progressiva

Bruxelas, 9 set (EFE).- A União Européia (UE) quer desdobrar sua missão civil de observação em todo o território da Geórgia, algo que fará de forma progressiva a partir de outubro, informou hoje uma porta-voz do bloco europeu.

EFE |

Os principais dirigentes da UE chegaram a um acordo na segunda-feira em Moscou sobre a retirada russa de tropas nas zonas georgianas adjacentes às regiões separatistas da Ossétia do Sul e a Abkházia, assim como o desdobramento de uma missão civil de cerca de 200 pessoas.

O desdobramento da missão será aprovado na próxima segunda-feira no conselho de chanceleres da UE, e o objetivo é enviar em outubro um núcleo que prepare a chegada do resto, explicou Cristina Gallach, porta-voz do chefe da diplomacia do bloco Javier Solana.

Os observadores civis se desdobrariam inicialmente em solo georgiano, porém não na Ossétia do Sul nem na Abkházia, para depois começar a se deslocar às chamadas zonas de segurança, adjacentes a esses territórios.

O objetivo final será sua presença em ambas as regiões separatistas.

"Temos a vontade de entrar em todo o território da Geórgia", assinalou Gallach.

Segundo a porta-voz, o importante da missão não é o número total de seus integrantes - que não foi definido ainda - mas sim que há uma missão com o sinal verde da Rússia e da Geórgia. EFE rcf/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG