UE prevê aceitar novas ajudas para os bancos europeus

A Comissão Européia prevê aceitar novas ajudas para os bancos, em meio a críticas recebidas por vários países da União Européia por sua rigidez ante os resgates bancários, indicou a comissária européia de Concorrência, Neelie Kroes.

AFP |

"A Comissão aprovará antes do Natal uma série de possibilidades de ajudas adicionais para enfrentar a chegada da crise financeira à economia real", afirmou Kroes. "Estas medidas complementarão e reforçarão o apoio dado aos bancos", acrescentou.

Os ministros das Finanças da Alemanha e da Suécia questionaram nesta terça-feira abertamente a "burocracia" da Comissão Européia, que impõe obstáculos aos planos de resgate bancário de cada país frente à crise financeira.

"Você não deve reagir a tal crise financiera de maneira tão burocrática", disse o ministro alemão das Finanças, Peer Steinbrueck, ao desembarcar em Bruxelas para uma reunião com seus colegas da União Européia (UE).

"Precisamos restaurar os canais de crédito. A Comissão não tem sido construtiva", declarou o ministro sueco, Anders Brog.

slb-ylf/fp/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG