UE prepara conferência internacional de transição em Cabul

Estocolmo, 5 set (EFE).- A União Europeia (UE) começará a preparar durante a Presidência espanhola do próximo semestre uma conferência internacional em Cabul que marcaria uma nova estratégia de transição, após a estratégia de reconstrução do Afeganistão, explicou hoje o ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Ángel Moratinos.

EFE |

Moratinos participou de um conselho informal de ministros da União Europeia no qual foram estudados métodos para incorporar uma estratégia política e de reconciliação ao civil e militar, já iniciada pela comunidade internacional, na qual está o provável aumento de 200 soldados espanhóis na missão da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf).

O ministro lembrou que "também outros países vão aumentar" sua contribuição militar e se limitou a repetir as palavras do Ministério da Defesa, no sentido que "se está à espera da avaliação técnica dos analistas militares" e da permissão do Parlamento espanhol.

"Nós tínhamos o compromisso de garantir o processo eleitoral (de 20 de agosto), e depois se avaliará se, pelas circunstâncias, as necessidades e a estratégia da comunidade internacional, é preciso mais esforço militar", disse.

Sobre o Governo que sairá do pleito afegão, ainda à espera da investigação sobre as alegações de fraude e da possibilidade de um segundo turno, Moratinos disse confiar em que será formado por pessoas "comprometidas, preparadas e dispostas a ajudar a comunidade internacional".

Hoje, os ministros europeus estudaram uma estratégia política no Afeganistão que considerará os resultados destas eleições e métodos para "ganhar a população afegã", elevando a capacidade das forças de segurança, e colocando mais ênfase em educação, desenvolvimento econômico e social. EFE met/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG