UE pede fim de hostilidades e retomada de negociações sobre Ossétia do Sul

PARIS - A União Européia (UE) pediu hoje às partes em conflito na república separatista georgiana da Ossétia do Sul o fim imediato das hostilidades e para cooperar sem demora com a missão da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) para retomar as negociações.

EFE |

Em declaração divulgada pela Presidência francesa de turno da UE, os 27 países do bloco defendem uma solução política à crise, "dentro do respeito da soberania e integridade territorial da Geórgia".

A União Européia expressa "a viva preocupação com os combates violentos que ocorrem na Ossétia do Sul (Geórgia)".

No comunicado, a UE afirma apoiar "plenamente os esforços da Presidência em exercício da OSCE, incluindo sua missão no terreno, e pede às partes que cooperem sem demora com ela".

O bloco acrescenta que está trabalhando, em colaboração com o conjunto dos protagonistas, para conseguir "uma trégua a fim de evitar a extensão do conflito".

    Leia tudo sobre: georgia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG