UE pede cooperação ao futuro presidente dos EUA

O presidente da Comissão Européia, José Manuel Durão Barroso, pediu nesta quarta-feira ao futuro presidente dos EUA que trabalhe estreitamente com os europeus para enfrentar os novos desafios mundiais, que vão da crise financeira às relações com a Rússia, passando pelo aquecimento global.

AFP |

"Nesses tempos de incerteza, a União Européia precisa dos Estados Unidos, sim, mas os Estados Unidos precisam da UE mais do que nunca", destacou Barroso, em um discurso na Universidade de Harvard, perto de Boston (EUA), intitulado "Carta de Bruxelas ao próximo presidente dos Estados Unidos".

Em relação à crise financeira, Barroso avalia que "o grau de interdependência de nossas economias pede uma esmerada coordenação, não apenas nas próximas semanas, mas em longo prazo (...) Precisamos de regras claras e eficazes, talvez regras estabelecidas em comum acordo, quando for necessário, para garantir a transparência e a confiança do mercado".

Em um momento em que o conflito russo-georgiano deteriorou as relações com a Rússia, Barroso avaliou que "é essencial, para ambos os lados do Atlântico, que continuemos trabalhando em estreita colaboração, que mantenhamos o rumo. É preciso manter a cabeça fria, não uma Guerra Fria".

cat/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG