O comissário europeu de Assuntos Econômicos, Joaquín Almunia, não descartou nesta terça-feira uma revisão para baixo nas próximas estimativas de crescimento da União Europeia (UE), em consequência do tamanho da recessão.

Em 19 de janeiro, a Comissão Europeia anunciou que espera um retrocesso do PIB (Produto Interno Bruto) de 1,9% para 2009 na zona euro e de 1,8% no conjunto da UE.

Para 2010, Bruxelas apostou em uma retomada do crescimento a 0,4% do PIB e a 0,5% na UE-27.

ylf/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.