UE não adotará sanções contra a Rússia na reunião de Bruxelas (Francia)

A reunião de cúpula da União Européia (UE) sobre a crise Rússia-Geórgia da próxima segunda-feira em Bruxelas vai se abster de adotar sanções contra Moscou porque o momento das sanções não chegou, afirmou uma fonte da presidência da França, país que preside neste semestre a UE.

AFP |

"O Conselho Europeu dirá que o acordo de seis pontos deve ser aplicado integralmente. Enquanto isto não acontecer, o acordo segue em observação", disse a fonte, a respeito do cessar-fogo negociado pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy.

"Continuamos na fase de diálogo com Moscou, não na fase de sanções", acrescentou a fonte, antes de destacar: "Certamente, o momento das sanções não chegou".

Na quinta-feira, o ministro francês das Relações Exteriores, Bernard Kouchner, afirmou que a UE cogitava sanções contra Moscou, mas que a proposta não procedia de Paris.

Os países ocidentais criticam a decisão de Moscou de reconhecer a independência das regiões separatistas georgianas da Abkházia e Ossétia do Sul. Além disso, exigem que as tropas russas se retirem de todo o território da Geórgia, em cumprimento ao acordo de paz.

pa-so/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG