UE mostra disposição de fornecer novos fundos ao FMI

Bruxelas, 19 jun (EFE).- Os 27 países-membros da União Europeia (UE) se mostraram dispostos a fornecer novos fundos ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para satisfazer suas necessidades de financiamento a médio prazo.

EFE |

A UE já tinha se comprometido em março a conceder ao FMI um crédito de 75 bilhões de euros (pouco mais de US$ 100 bilhões), no marco das contribuições globais para dobrar a capacidade da instituição de oferecer financiamento a países em apuros.

"Em princípio, os Estados-membros estão preparados para assumir sua parte para atender necessidades adicionais de financiamento, se aparecem no médio prazo, em linha com seu peso econômico, refletido na repartição de cotas", assinala a minuta de conclusões do Conselho Europeu que termina hoje em Bruxelas.

O FMI está há meses pedindo um aumento de seus recursos para garantir que pode assistir às demandas cada vez mais numerosas de assistência financeira. EFE epn/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG