UE manifesta preocupação por irregularidades em eleições afegãs

Bruxelas, 22 ago (EFE).- A União Europeia (UE) manifestou hoje sua preocupação com as supostas irregularidades detectadas nas eleições do Afeganistão e pediu à Comissão Eleitoral deste país que trate destes problemas com transparência e imparcialidade.

EFE |

Em nota, a Presidência do bloco, atualmente a cargo da Suécia, parabenizou o povo afegão pelas eleições presidenciais e regionais de quinta-feira, que transcorreram "em condições difíceis", e lamentaram as mortes provocadas por ataques terroristas.

A UE também expressou seu "pleno apoio" à missão eleitoral enviada ao Afeganistão, que avaliou o pleito como positivo, "de modo geral", embora também tenha apontado algumas "insuficiências operacionais e falhas institucionais", e ressaltado a fragilidade da situação da mulher afegã.

O bloco europeu disse ainda ter tomado nota, "com preocupação, dos relatos sobre irregularidades e fraudes" feitos pela imprensa, e espera que a Comissão Eleitoral Independente aborde estas supostas irregularidades "de forma oportuna, conscienciosa, transparente e imparcial". EFE ahg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG