UE libera 100 milhões de euros para reconstrução do Haiti

BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia anunciou que começará a pagar ao Haiti nesta terça-feira parte da primeira parcela de 100 milhões de euros que prometeu em assistência humanitária para ajudar o governo haitiano a pagar salários, reconstruir escolas e consertar rodovias, após o terremoto devastador de janeiro. A UE, uma das maiores doadoras ao Haiti, se comprometeu com mais de 300 milhões de euros em sua ajuda inicial após o forte terremoto que matou mais de 200 mil pessoas na nação caribenha, a mais pobre das Américas.

Reuters |

"O primeiro envelope será desembolsado a partir de agora até maio", disse em comunicado a Comissão Europeia, braço executivo da UE, composta de 27 países.

O valor será usado para reconstruir prédios do governo e importantes partes da infraestrutura pública, e vai ajudar o orçamento para pagar salários, reconstruir escolas e consertar as principais rodovias ao redor da capital, Porto Príncipe.

(Reportagem de Bate Felix)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG