UE lamenta morte de motorista da ONU por fogo israelense

Praga - A Presidência tcheca da União Européia (UE) lamentou hoje a morte por fogo israelense do motorista de um caminhão da ONU que transportava ajuda humanitária em Gaza.

EFE |

    "Após bombardear uma escola da ONU, este é outro terrível episódio, que, além disso, ocorreu durante as três horas de cessar-fogo declarado por Israel", indicou o ministro de exteriores tcheco, Karel Schwarzenberg.

    "Esta é outra prova de que todas as guerras significam necessariamente a trágica morte de pessoas inocentes. É por isso que reiteramos nossa chamada por um cessar-fogo rapidamente", concluiu.

    A agência da ONU para os refugiados palestinos (UNRWA) indicou hoje que o incidente aconteceu nas cercanias da estrada de Jabalya, quando vários caminhões, contratados de uma empresa local, foram atacados por tanques israelenses.

    Leia também:

    ASSISTA AOS VÍDEOS

    OPINIÃO

    Leia mais sobre: Faixa de Gaza


      Leia tudo sobre: gaza

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG