UE inicia oficialmente missão em faixa de segurança na Geórgia

Tbilisi, 1 out (EFE).- A Missão de Observadores da União Européia (EUMM, na sigla em inglês) na Geórgia iniciou hoje oficialmente seus trabalhos de segurança na faixa que separa o território administrado pela Geórgia das regiões separatistas da Abkházia e Ossétia do Sul.

EFE |

Os observadores começaram a patrulhar a região às 9h locais (2h de Brasília) na cidade de Bazaleti, a cerca de 40 quilômetros de Tbilisi.

Além de Bazaleti, as cidades de Gori, Poti e Zugdidi acolhem os centros regionais da missão de observadores, cujo quartel-general se encontra na capital georgiana.

O chefe da diplomacia da União Européia (UE), Javier Solana, chegou na véspera a Tbilisi para começar os trabalhos dos observadores civis europeus na faixa de segurança.

Solana assistiu à abertura do centro da EUMM e visitou também a cidade de Gori, que fica a cerca de 20 quilômetros da região separatista da Ossétia do Sul.

A EUMM na Geórgia será integrada por mais de 300 pessoas de 22 países-membros, entre observadores, pessoal administrativo e logístico.

Segundo o acordo assinado entre Rússia e UE, os observadores europeus deviam assumir em 1° de outubro as funções de segurança na faixa que separa o território administrado por Tbilisi das regiões separatistas da Abkházia e Ossétia do Sul.

As tropas russas terão 10 dias para abandonar a região, onde chegaram a contar com 25 postos de controle militar. EFE mv/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG