A União Europeia (UE) inaugura nesta quinta-feira, em Bruxelas, uma cúpula de dois dias sobre a crise econômica sob pressão americana para injetar mais fundos contra a recessao, visando a próxima reunião do G20 e sua proposta de uma reforma do sistema financeiro mundial.

Durante o encontro de dois dias, os chefes de Estado e de governo da UE poderão decidir por um aumento de empréstimos de emergência para os países do bloco que não pertençam à Eurozona e que enfrentam graves problemas financeiros, como a Hungria e a Letônia.

A UE também quer discutir uma melhor regulação do sistema financeiro mundial, em particular dos fundos especulativos e dos paraísos fiscais.

bur-mar/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.