UE fecha acordo sobre meta de energias renováveis para 2020

Os países da União Européia (UE) chegaram a um acordo nesta segunda-feira para incluir a utilização de 20% de energias renováveis (eólica, solar, biocombustíveis) em seu consumo total até 2020.

AFP |

O texto, aprovado pelos ministros europeus de Energia reunidos em Bruxelas, é um dos pilares do plano da UE de combate ao aquecimento global, cuja meta é reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa em 20% até 2020 em relação aos valores de 1990.

Na semana passada, as discussões entre o Conselho da UE, a Comissão Européia e o Parlamento Europeu já haviam deixado o acordo quase todo acertado, com exceção de um ponto.

A Itália questionava uma iniciativa que prevê que vários países poderão se associar para projetos comuns de infra-estrutura de energias renováveis, o que permitiria, por exemplo, que um investimento belga feito na Alemanha entrasse na conta do objetivo nacional estabelecido para a Bélgica.

Nesse sentido, a Itália conseguiu que o funcionamento desse mecanismo de cooperação seja reavaliado em 2014.

Os negociadores também concluíram o polêmico capítulo dos biocombustíveis, que deverão obrigatoriamente responder por 10% do total energético dos europeus em 2020.

cm-mar/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG