Bruxelas, 14 abr (EFE).- O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, e o do Parlamento Europeu, Jerzy Buzek, transmitiram hoje suas condolências à China pelas mortes provocadas pelo terremoto que atingiu a província de Qinghai e expressaram sua solidariedade às autoridades do país.

"Estou profundamente impactado e triste pelas notícias que chegam sobre esse terremoto", assinalou Barroso em comunicado, no qual ofereceu ao Governo chinês assistência europeia para responder à catástrofe.

Barroso estendeu suas condolências às famílias das vítimas e aos habitantes da província ocidental de Qinghai.

Na mesma linha se expressou o polonês Jerzy Buzek em nome da Eurocâmara.

"Neste momento de grande dor nacional, quero enviar minhas condolências às famílias e amigos que perderam a vida neste desastre natural na China", assinalou em comunicado. EFE mvs/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.