UE está preocupada com supostas irregularidades nas eleições iranianas

Bruxelas - A União Europeia (UE) está preocupada com as supostas irregularidades nas eleições realizadas no Irã e com os eventos violentos que aconteceram ontem após o anúncio dos resultados, afirmou a Presidência tcheca de turno do bloco.

EFE |

"A UE seguiu de perto o desenvolvimento das eleições presidenciais iranianas, nas quais Mahmoud Ahmadinejad foi eleito para um segundo mandato à frente do governo iraniano", declarou o Executivo tcheco em comunicado emitido ontem à noite.

Os 27 países do bloco esperam que o resultado "dê a oportunidade de retomar o diálogo em matéria nuclear e esclareça a posição iraniana a este respeito".

Além disso, a Presidência tcheca manifestou seu desejo de que o novo Governo iraniano "assuma suas responsabilidades com a comunidade internacional e respeite suas obrigações" para com a mesma.

    Leia tudo sobre: irã

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG