UE está disposta a permitir aos EUA acesso a bases de dados nacionais

Luxemburgo, 18 abr (EFE).- A União Européia (UE) está disposta a permitir aos Estados Unidos o acesso a suas bases de dados nacionais, dentro das negociações para que esse país não exija visto aos cidadãos do bloco europeu, disse hoje a Presidência eslovena da UE.

EFE |

Os ministros de Interior e Justiça da UE devem aprovar hoje o mandato para que a Comissão Européia negocie com Washington um acordo sobre vistos, no qual uma das chaves será o objetivo americano de ter acesso a bases de dados europeus sobre criminalidade.

O ministro do Interior esloveno, Dragutin Mate, disse ao chegar ao Conselho de Ministros que "a solução é bastante simples", e consistiria em diferenciar os dados que são puramente nacionais dos que são considerados em escala européia.

"As negociações irão nessa direção", disse Mate, que deu como exemplo que a informação de alguém tenha roubado um carro é considerada "nacional", enquanto os dados sobre pessoas que tiveram visto de entrada à UE negado são considerados "europeus", e não seriam compartilhados com os EUA.

A negociação entre Bruxelas e Washington tem como objetivo estabelecer um marco em nível bilateral sobre política de vistos.

Além disso, a União permitirá que os países possam negociar de forma individual com os EUA assuntos de competência nacional, como a presença de policiais armados em aviões com destino ou procedência de solo americano. EFE rcf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG