Bruxelas, 26 ago (EFE).- Os países-membros da União Européia (UE) acordaram hoje enviar à Geórgia uma missão civil de observação para controlar a aplicação do plano de paz estipulado com a Rússia, informaram hoje fontes do bloco europeu.

O envio dessa missão conseguiu o apoio dos 27 Estados-membros em uma reunião do Comitê Político e de Segurança da UE (Cops), que trata de assuntos de política externa de grande importância.

Na reunião, muitos países do bloco apoiaram uma intervenção européia na região. Essa missão, não envolveria forças militares, mas sim tarefas de "vigilância, controle e mediação", segundo o ministro de Assuntos Exteriores da França, Bernard Kouchner.

Segundo a fonte, por outro lado, na reunião de hoje foi considerada "prematura" a possibilidade de enviar à Geórgia uma força militar de paz.

De qualquer forma, a hipótese de uma força militar de paz na Geórgia só é considerada ser desdobrada a médio ou longo prazo.

O Cops, formado por embaixadores dos Estados-membros que tratam de assuntos de política externa de especial relevância, pediu à Secretaria-Geral do Conselho da UE que inicie o trabalho preparatório e volte a se reunir na próxima sexta.

Também solicitou que na próxima semana se realize um novo encontro para analisar esses trabalhos e os últimos acontecimentos na região.

Os chefes de Estado e de Governo da UE realizarão na próxima segunda uma cúpula extraordinária, em Bruxelas, para analisar as conseqüências do conflito da Geórgia e o futuro de suas relações com a Rússia, principal fornecedor de energia do bloco europeu. EFE rcf/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.