UE elogia papel da R.Dominicana em ajuda ao Haiti

Bruxelas, 18 jan (EFE).- A União Europeia (UE) manifestou hoje seu reconhecimento à República Dominicana devido à ajuda que empresta a seu vizinho Haiti para fazer frente à catástrofe humanitária após o terremoto da semana, e garantiu sua disposição em prestar ajuda.

EFE |

"O Conselho (de Ministros da UE) elogia a República Dominicana pelo papel nesta crise. A UE está disposta a proporcionar ajuda à República Dominicana", afirma o texto de conclusões que os responsáveis europeus de Desenvolvimento aprovarão hoje em reunião informal convocada em caráter de urgência para coordenar sua assistência ao Haiti.

Os ministros europeus decidirão hoje uma nova contribuição para o país caribenho, após conceder, em um primeiro momento, 3 milhões de euros em conceito de assistência de emergência, e de ter decidido "redirigir" parte dos fundos destinados habitualmente.

O terremoto de 7 graus na escala Richter aconteceu às 19h53 de Brasília da terça-feira passada e teve epicentro a 15 quilômetros da capital haitiana, Porto Príncipe. O Governo do país caribenho confirmou que pelo menos 70 mil corpos já foram enterrados.

Na quarta-feira passada, o primeiro-ministro do país, Jean Max Bellerive, tinha falado em "centenas de milhares" de mortos.

O Exército brasileiro confirmou que pelo menos 16 militares do país que participavam da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah) morreram em consequência do terremoto.

A médica Zilda Arns, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, e Luiz Carlos da Costa, o segundo civil mais importante na hierarquia da ONU no Haiti, também morreram no tremor. EFE rja/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG