UE e Rússia esperam começar negociação de acordo em poucas semanas

Luxemburgo, 29 abr (EFE).- A União Européia (UE) e Rússia acreditam solucionar em poucas semanas os problemas que impediram hoje o fechamento de um acordo para iniciar a negociação de um ambicioso acordo de cooperação política, econômica e comercial.

EFE |

Os ministros de Relações Exteriores da UE não conseguiram superar o veto da Lituânia, mas esta circunstância não enfraqueceu os ânimos durante uma reunião posterior da "troika" comunitária com o representante russo, Serguei Lavrov.

No fim do encontro, a Presidência eslovena da UE anunciou que iniciará uma rodada de consultas com as autoridades lituanas pretendendo superar o "impasse", um processo que será concluído "em poucas semanas", segundo explicação do ministro Dimitrij Rupel.

A UE também teve problemas com a Polônia que só após dois anos resolveu aceitar as decisões dos outros países membros.

Agora, é a Lituânia que impede o prosseguimento das negociações exigindo a execução de quatro condições de "interesse vital": uma cooperação real da Rússia em matéria jurídica, o cumprimento de seus compromissos e obrigações - em alusão ao corte da provisão de petróleo russo em julho de 2006-, a solução de "conflitos congelados" e a questão da segurança energética. EFE rcf-met/bm/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG