UE e Israel decidem iniciar processo de associação especial

Luxemburgo, 16 jun (EFE).- A União Européia (UE) e Israel decidiram hoje iniciar um processo de associação especial que, segundo a ministra de Exteriores israelense, Tzipi Livni, poderá repercutir de forma propícia no processo de paz no Oriente Médio.

EFE |

Livni e o atual presidente do Conselho de Assuntos Gerais e Relações Exteriores da UE, Dimitrij Rupel, apresentaram em entrevista coletiva o acordo, que gerou o protesto dos embaixadores árabes perante as instituições européias.

O argumento dos árabes é que o reforço das relações com Israel "envia uma mensagem perigosa", já que poderia encorajar o país a continuar com políticas que eles consideram errôneas.

No entanto, o ministro Rupel afirmou que, através desta "modernização das relações" políticas, econômicas, comerciais e educativas com Israel, se busca também um maior papel da UE no processo de paz com os palestinos.

"A UE quer ter um papel ativo na melhora dos conflitos", assinalou o esloveno.

Tzipi Livni insistiu, por sua parte, que Israel tem "a mão estendida" para os palestinos moderados, e pediu que não se entenda como um ataque a nenhum setor a associação com a UE, bloco com o qual considerou que o país compartilha "muitos valores".

A União Européia (UE) quer criar um vínculo especial com Israel, embora ainda não esteja claro como pretende relacionar esse objetivo com o desejo de favorecer uma atitude construtiva de Israel no processo de paz no Oriente Médio.

Por enquanto, o bloco continuará com a discussão sobre como formular a associação, que ainda não foi totalmente definida.

O objetivo é ver até onde se pode fazer com que Israel participe dos mecanismos de decisão da UE segundo algum tipo de "estatuto híbrido", pelo qual siga sendo um país não membro, mas fortemente associado.

Israel participa, junto a outros Estados do sul e do leste, da chamada "política de vizinhança", desenhada pela UE para oferecer "tudo menos a adesão" a seus vizinhos mais próximos. EFE met/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG