UE duplica fundo de ajuda a países com dificuldades financeiras

Bruxelas, 8 abr (EFE).- A Comissão Europeia (órgão executivo da União Europeia) aprovou hoje a duplicação, para 50 bilhões de euros, do fundo de reserva detinado a socorrer os países do bloco de fora da zona do euro que enfrentam dificuldades financeiras.

EFE |

"Isto mostra que existe um mecanismo de solidariedade na UE e que este pode ficar ainda mais forte a curto prazo para beneficiar os países-membros mais vulneráveis", disse hoje, em nota, o comissário de Assuntos Econômicos e Monetários do bloco, Joaquín Almunia.

No fim de dezembro, a UE já tinha elevado de 12 bilhões para 25 bilhões de euros o fundo de reserva para ajudar as nações de fora da zona do euro.

Desde então, o bloco, junto com instituições multilaterais como o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial, já emprestou dinheiro à Letônia (3,1 bilhões de euros) e à Hungria (6,5 bilhões), e agora deve socorrer a Romênia (com outros 5 bilhões).

No entanto, devido ao agravamento da crise e a delicada situação de algumas economias do centro-leste da Europa, provavelmente outros países sejam obrigados a pedir ajuda. EFE vd/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG