UE diz que só um Governo de unidade pode reconstruir Gaza

Bruxelas, 15 mar (EFE).- A União Europeia (UE) aumentou hoje suas pressões sobre a Autoridade Nacional Palestina (ANP) e os mediadores egípcios para a formação de um Governo de unidade nos territórios palestinos.

EFE |

Para a UE só quando houver uma reconciliação com Hamas -ao que, segundo ela, Israel deve responder abrindo as fronteiras-, se poderá reconstruir Gaza.

"A reconstrução de Gaza só será possível quando haja um Governo unitário, e se abram todos os passos. Caso contrário não podemos transportar nem cimento", frisou a comissária europeia de Relações Exteriores, Benita Ferrero-Waldner, ao chegar à reunião da delegação da UE com os ministros de Exteriores egípcio e palestino.

O chefe da diplomacia europeia, Javier Solana, disse ainda que Israel deve abrir as entradas a Gaza e permitir a chegada de muitos mais artigos, em sua maioria vetados por um potencial uso militar do Governo do Hamas, considerado um grupo terrorista pela UE e os Estados Unidos.

    Leia tudo sobre: faixa de gazagaza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG