UE deve oferecer até 15 bi de euros contra mudança climática

Bruxelas, 9 set (EFE).- A Comissão Europeia (órgão executivo da União Europeia) vai propor amanhã a doação de até 15 bilhões de euros ao ano para que os países em desenvolvimento consigam financiar as medidas que adotarem contra a mudança climática.

EFE |

A oferta, um esforço da UE para viabilizar o acordo sobre mudança climática que a comunidade internacional votará em dezembro, vai ser formalmente apresentada junto com um método de financiamento ainda não aprovado pelos países do bloco e o Parlamento Europeu.

Segundo a minuta do documento que preparou, a Comissão Europeia propõe uma "contribuição justa" - entre 2 bilhões e 15 bilhões de euros anuais, a partir de 2020 -, mas reconhece que os países emergentes precisarão de aproximadamente 100 bilhões de euros ao ano para combater a mudança climática.

Em março deste, os chefes de Estado e de Governo da UE manifestaram a intenção de contribuir, de modo "justo", para o financiamento de medidas contra as alterações no clima. Até agora, no entanto, nenhum valor específico havia sido anunciado.

Para as organizações ambientais, a UE deu um passo à frente, embora a ajuda divulgada tenha sido considerada baixa demais. EFE mrn/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG