UE detecta 63 novos casos da gripe

Bruxelas, 6 jun (EFE).- A União Europeia (UE) detectou nas últimas 24 horas 63 novos casos da gripe suína, a maioria deles (58) no Reino Unido, segundo os dados oferecidos hoje pelo Centro Europeu para Controle e Prevenção de Doenças (ECDC, em inglês), um agência do bloco europeu.

EFE |

As outras confirmações correspondem à Holanda e à Bélgica, com 4 novos casos e 1, respectivamente.

Com estes novos dados, o número de infectados pela gripe suína nos 27 Estados-membros da UE, assim como Suíça, Liechtenstein, Islândia e Noruega, sobe para 1,034 mil.

O Reino Unido, com 486 doentes e 158 episódios de transmissão dentro de seu território, é o país europeu mais afetado pela doença.

Em seguida, está a Espanha, onde há 291 casos, 127 deles por contágio dentro do país.

O ECDC indica que, fora da Europa, o número de casos de gripe suína é de 23,992 mil, dos quais 2,296 mil foram confirmados nas últimas 24 horas.

Até o momento, foram contabilizadas 139 mortes de pessoas infectadas pela gripe suína.

Os Estados Unidos lideram em número de contagiados, com 13,217 mil, dos quais 1,713 mil foram confirmados nas últimas 48 horas.

No entanto, nos EUA, houve 106 mortes em consequência da doença, número que supera o México, onde houve 106 vítimas fatais.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE epn/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG