UE descarta suspender voos ao México por gripe suína

Luxemburgo, 30 abr (EFE).- A União Europeia (UE) descartou por enquanto a proposta francesa de suspender voos para o México para frear a propagação da gripe suína, anunciou hoje a ministra da Saúde da França, Rosalyne Bachelot.

EFE |

A maioria dos países do bloco rejeitou a iniciativa durante o conselho de ministros da Saúde da UE que estuda medidas comuns contra a gripe, disse Bachelot em breves declarações ao deixar a reunião, que ainda não terminou.

Bachelot explicou que a "França gostaria que fossem aprovadas, se necessário, medidas de suspensão de voos", mas reconheceu que vários países "não estavam dispostos" a aprovar "medidas imediatamente" sobre os destinos aéreos para o México.

A porta-voz de Saúde da Comissão Europeia (órgão executivo da UE), Nina Papadoulaki, confirmou que hoje não haverá uma decisão neste sentido e que alguns países seguem apoiando a iniciativa da França, enquanto outros mantêm uma posição indefinida.

Por isso, a ministra francesa assegurou que é possível ter um acordo no sentido de que "poderiam ser estudadas medidas se necessário", e acrescentou que essa possibilidade "deve seguir sobre a mesa". EFE rcf/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG